Sinopse

Amanhã é para sempre



Fernanda (Silvia Navarro) é a filha caçula do fazendeiro Gonzalo Elizalde (Rogélio Guerra), dono de uma grande companhia leiteira, e Eduardo (Fernando Colunga) é filho de Soledad (Maria Rojo), a governanta da familia Elizalde. As duas crianças crescem juntas unidas por um amor inocente e justo, apesar das diferenças de classes sociais. Gonzalo vive feliz com sua esposa Montserrat (Erika Buenfil) e seus cinco filhos, sem suspeitar que um inimigo implacável acerca os seus negócios. 

Artemio Bravo sente um ódio intenso e amargo de Gonzalo, que tem corroido sua mente. Sua única meta é destruir, lenta e dolorosamente toda a família Elizalde. Para isso, utilizará uma jovem sem escrúpulos que chega a empresa de Gonzalo com o nome de Bárbara Greco (Lucero). Sua inteligência causa boa impressão em Gonzalo, que a contrata como sua assistente pessoal. Pouco a pouco e com muita astúcia, Bárbara obtem total confiança da família. 

As primeiras vítimas de Bárbara são Eduardo e Fernanda, após vê-los se beijando inocentemente. Muito sutil e venenosa, Bárbara convence Montserrat de que Eduardo pode ser um perigo para a menina e o garoto é enviado para um internato na cidade. Separados, as cartas dos meninos chegam às mãos de Soledad e ela, com muita dor, decide não entregá-las à eles. Isso faz com que Fernanda se sinta esquecida por Eduardo. 
O próximo passo no plano de Artemio é fazer com que Bárbara seja a esposa de Gonzalo, e isso significa que Montserrat deve morrer. Bárbara a asfixia com uma almofada e faz com que a filha mais velha do casal, Liliana (Dominika Paleta), seja a culpada. Gritando por sua inocência, a desesperada adolescente acaba sendo internada em uma clínica psiquiátrica. Posteriormente, Gonzalo se casa com Bárbara e a nomeia membro da junta diretiva da empresa. Soledad é a única que sabe até onde pode chegar a maldade de Bárbara, mas tem que se calar, vivendo um inferno durante anos, sentindo saudades de seu filho Eduardo e, com eterno temor de que Bárbara cumpra sua ameaça de que ele morrerá. 

Os anos se passam e Eduardo, depois de ter se formado nos Estados Unidos, volta à fazenda e encontra sua mãe muito doente. Ela conta do tormento que tem vivido e ele jura fazer justiça. Bárbara utiliza seu novo cúmplice Damián para que se apaixone por Fernanda e se case com ela. Eduardo, com o nome de Franco Santoro, consegue entrar na empresa com a intenção de descobrir e punir os responsáveis de suas desgraças. Fernanda sente uma forte e inexplicável atração por ele, e surge novamente entre os dois aquele grande amor que nunca morreu. Soledad, sentindo que a morte a cerca, entrega a Liliana o cofre com o segredo de seu sofrimento, com a esperança de que algum dia ela possa ser vingada da injustiça que pesa sobre ela. Bárbara será descoberta? A família Elizalde conseguirá ser feliz? E o amor de Eduardo e Fernanda?


© 2016 Lucero Brasil | Design by Danilo Craveiro | Powered by Página Web Grátis